Meu mais profundo agradecimento

Não tem como. Hoje tenho que usar meu blog para agradecer a todos que fizeram parte (direta ou indiretamente) da campanha do catarse do meu novo guia literário, Buenos Aires, livro aberto – A capital argentina nas pegadas de Borges, Cortázar e cia.

Eu com cara de bobo ao receber o livro em casa.

Foram 30 dias intensos, tentando fazer algo que os números, as cifras e as estatísticas dizem que não vale a pena: vender livros. Vivemos num país de poucos leitores, como já comentei em no post da semana passada.

Mas…paixão e militância são assim vão além dos números. Nos últimos anos (posso dizer décadas) tenho dedicado grande parte do meu trabalho à literatura, seja e reportagens, seja com meu livros. A prova de que devo continuar é que estou lançando agora o quarto de uma série que já me trouxe muitas alegrias, amigos, histórias boas.

Dessa vez, foram 30 dias acreditando em um projeto que nasce independente, um livro independente, desafiando os modelos, usando ferramentas (como o catarse) que vieram para mudar as coisas. Foi a primeira experiência com financiamento coletivo e, embora não tenhamos batido a meta, conseguiu gerar R$15 mil reais em pouco mais de 30 dias. R$15 mil reais em livros, o que considero isso um grande feito.

Pode parecer estranho (e até um irônico clichê, partindo de uma pessoa que acaba de lançar um livro), mas diante de tudo isso, muitas vezes sinto-me embargado, sem palavras para agradecê-los. Diante da grandeza do que vocês fizeram, gostaria de dizer com os olhos, olho no olho de cada um. 

Lançar um livro (ainda mais um livro independente) é colocar um filho no mundo e torcer para que ele esteja em boas mãos. E está. Se você está lendo este texto agora é porque tem amor pelo livro e pela leitura. 

Estes últimos dias, aprendi muito sobre a generosidade e a amizade. Pretendo praticá-los ainda mais. Graças a vocês. 

Em alguns dias muitas pessoas estarão com um exemplar de Buenos Aires, livro aberto em mãos. Fecho meus olhos e com todas as forças desejo que este livro traga felicidade, prazer, ideias, caminhos, leituras…ou que ao menos ele seja um bom companheiro de viagem, uma viagem interior, que seja.

A você, meu amigo, meu leitor, meu seguidor, apoiador, observador…Meu mais profundo agradecimento.

Você faz parte do nascimento de um livro. E livro é resistência.

Ah…e a partir de agora vc pode adquirir o livro aqui no Viagem ao Pé da Letra, basta clicar aqui. E em breve na Amazon, livrarias e outras lojas do ramo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s